Alice in Chains - maior banda do Grunge

Me perdoem os fãs de Nirvana e Pearl Jam, mas para mim a maior banda grunge é o Alice In Chains.

Lembro que no ano 2001 tive o primeiro contato com a banda, peguei emprestado com um amigo do colégio Vitão (O cara responsável de me apresentar muita banda) ele me mostrou um CD super colorido na sua capa mas com uma imagem que eu não sabia descrever (acho que até hoje não sei).



Só foi preciso ouvir as duas primeiras músicas e pirei... O Facelift (1990) traz de cara uma bela sequência com dois clássicos We Die Young e Main The Box foi tipo Amor ao primeiro riff.  E nisso comecei a me aprofundar sobre a banda.
                

Logo em seguida me deparei com o que considero o melhor disco de estúdio da banda, Dirt (1992), em resumo, ele é recheado de clássicos, quase um The Best Of e foi o que me consolidou com fã do AIC


Clássicos como ThemBones, Down In a Hole, Rooster, Dirt, Angry Chair e Would? São algumas das canções que compõem esse set list.

Quanto mais ouvia a banda mais buscava ouvir outros álbuns da discografia.

O Alice In chains ou Tripod Lançado em 1995 fechou a fase Layne Stanley de Álbuns de estúdio (um dos motivos de ter um carinho todo especial por ele).  Dou destaque para canções como Frogs, Heaven Beside You e Slugde Factory.


Esse foi o primeiro Cd da banda que eu comprei.

O ano era 2002, eu me recordo de estar assistindo MTV e rolou tipo um plantão da globo informando sobre a morte do Layne Staley. Acho que foi a primeira vez que fiquei triste com a notícia de um artista que gostava morrendo.  No mesmo fim de semana a MTV passou o show do Unplugged MTV Alice In Chains que é o melhor no formato.





Ao ver o Unplugged pela primeira vez, me parecia que era uma despedida sendo preparada, um cenário cheio de velas, parecia que ali estava acontecendo um velório. 


Foi o primeiro show em anos da Banda. Após o lançamento do Tripod, Layne deu uma sumida dos holofotes e a banda entrou em um hiato apenas retornando para a gravação. Layne sofria de depressão profunda devido ao falecimento de sua noiva em 1996 e abusava de substancias químicas, que resultou em sua morte anos mais tarde com apenas 34 anos. 


Após a morte do Layne, Jerry Cantrell, guitarrista da banda lançou um CD solo dedicado ao amigo e companheiro de banda, Degradation Trip (2002)

Em momento algum de forma oficial a banda tinha acabado, continuava no seu hiato, os membros da banda com seus projetos solo seguiam...

Em 2004 boatos diziam que a banda tinha se reunido novamente e possivelmente voltaria a ativa. Em fevereiro de 2005 a banda fez sua reestreia para um show beneficente para arrecadar fundos para as vítimas do tsunami na Ásia no fim de 2004. Quando confirmada sua presença no evento a pergunta era “Quem será a nova voz do Alice In Chains?” Ou se mesmo o próprio Jerry Cantrell assumiria em definitivo as vozes da banda, já que ele dividia em algumas músicas com o Layne.
Patrick Lachman (Damageplan) que passava por uma situação parecida com a morte do guitarrista Dimebag Darrell; Mas não foi a única participação desse show Christ Novoselic (Nirvana) e Chris deGarmo (Queensrÿche) entre outros.
Em 2007, Jerry em entrevista diz que a banda estava preparando novo material gravando EP’s com o vocalista Willian DuVall, que foi oficializado na banda pouco tempo depois, após saírem em turnê junto com o Velvet Revolver.


Em setembro de 2009 lançam o Album Black Gives Way to Blue Quarto álbum de estúdio da banda, e o primeiro após 14 anos.
Curiosidade é que foi financiado pelo guitarrista Jerry e o baterista Sean Kinney, nesse momento a banda estava sem gravadora.
Alguns destaques do álbum fica com Check My Brain, Your Decision, A Looking in View e Black Gives Way to Blue (Com participação do Elton John).



Em 2013 chega o tão esperado CD: TheDevil Put Dinosaurs Here

Que vai em momentos flutuando em Doom Metal e Metal Alternativo, além do som característico da banda.

Os destaques do CD ficam por conta de Hollow, Stones e Voices. O
 disco alcançou a 2ª posição no ranking da Billboard, vendendo 62.000 cópias na primeira semana de vendas e quase chegou aos 80 mil na segunda semana.

 

A última notícia que tive da banda é que em 2018 pode acontecer anúncio de um disco ao vivo.

 

Alice in Chains é das poucas bandas que mesmo com mudança nos vocais se manteve em alta qualidade, Layne com sua voz marcante deixou um legado que continua até com o DuVall.


Curiosidade: Em 1998, Layne se reuniu com os outros membros do grupo pela última vez para gravar duas canções inéditas: GetBorn Again e Died. Estas canções foram lançadas em 1999, no box-set MusicBank.

Pipo, Músico curioso, Amante da Gastronomia, Nas horas vagas Quarterback, Fã do Gessinger, Fito, Bowie e Gilmour.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.